Seja uma editora!Escreva para o Novidades de Beleza!

Tratamento para estrias

  • SumoMe
Cremes para estrias também são eficientes para tratamento
Cremes para estrias também são eficientes para tratamento

 

Os cremes para estrias são os mais usados atualmente para tratamento. São os mais acessíveis e são aceitáveis de usar na fase de prevenção e quando já existem estrias.

Como prevenir e tratar estrias

Você pode começar a prevenir estrias hidratando e nutrindo muito sua pele garantindo elasticidade, impedindo a ruptura das camadas internas. Evite roupas apertadas. Pratique exercícios físicos regularmente, alimentos sem gordura, não emagreça e engorde repentinamente. Dê preferência aos alimentos saudáveis. Frutas e verduras são indispensáveis na sua alimentação.

Os cremes tem maior eficácia quando as estrias ainda estão em pequena quantidade, quase não se percebe. Neste caso o tratamento tem melhor resultado. Eliminar estrias é muito mais difícil do que prevenir. Deve iniciar o tratamento o mais rápido possível.

As estrias são lesões decorrentes da ruptura das fibras de colágeno e elastina da pele. Aparem nas regiões do corpo como coxas, seios, abdômen durante a gravidez e no tronco dos homens. Isto se relaciona com o crescimento, no caso dos adolescentes, e aumento dos músculos. Com esta ruptura das fibras passam por um processo de cicatrização e têm aparência avermelhada. Isso acontece quando elas são recentes. Esta é a hora de começar o tratamento para elimina-las. Quando estão num estágio mais avançado ficam com aparência esbranquiçada e maior flacidez na região.

Vale lembrar que gestantes não podem fazer tratamento, assim como lactantes e pessoas com diabetes, hipertensão e problemas cutâneos.

Existem três tipos de estrias: as vermelhas ou arroxeadas, as brancas, superficiais e estreitas, e ainda as brancas, profundas e largas.

Tratamento com carboxiterapia

Segundo a dermatologista Valéria Campos (Jundiaí-SP) esta técnica se trata de um equipamento que injeta gás carbônico no tecido subcutâneo para dilatar os vasos sanguíneos e estimular a formação de colágeno que preenchem as estrias de dentro para fora. A partir do segundo mês de tratamento começa a aparecer o resultado do tratamento.

O tratamento é suportável. São uns 15 minutos de sessão com picadas doloridas, mas suportáveis e que prometem bons resultados. Os vasinhos que são atingidos normalmente deixam a região roxa por uns cinco dias. Não pode tomar sol nestes dias. Este tratamento tem um número de doze sessões, sendo que é feita uma sessão por semana.

Radiofrequência

Tratamento para estrias brancas, superficiais e estreitas. Este aparelho dispara ondas as quais atingem e aquecem a camada mais profunda da pele. O tratamento é indolor e o recomendado é não tomar sol.

O aspecto das estrias é reduzido em até 60% após quatro sessões de tratamento. São 8 á 16 sessões e um intervalo de 3 semanas.

Vitamina C a 22% + Luz intensa pulsada

 Com uma agulha muito fininha é injetada a camada superficial da pele, que age nos vasos e as estrias apresentam uma coloração avermelhada e irão deixá-las menos visíveis. Após isso é usado o equipamento de luz intensa pulsada com duração de meia hora. Este procedimento dispara uma energia que gera a contração da derme que auxilia no afinamento das linhas.

Observação: Existem mais tratamentos para eliminar estrias e você deve consultar com o dermatologista para saber qual é o seu tipo de estria e o tratamento adequado. Pois para cada lugar e tipo de estria é indicado um tratamento.

 

Comente o que achou no Facebook

2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *